Foco e Escopo

REDE - Revista Diálogos em Educação é uma publicação semestral do Núcleo de Pesquisa da Faculdade de Anicuns. Um de seus objetivos é de divulgar trabalhos que versem sobre as linhas de pesquisa da instituição voltadas para a Educação ou de temas de interesse para o debate e que possam contribuir com o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão. A revista científica aceita, periodicamente, contribuições inéditas de artigos, resenhas e relatos de experiência desde que não foram publicadas ou estejam em avaliação por outro periódico.

Linhas de Pesquisa e de Interesse da Revista

A cada edição da revista é instituido um dossiê que aborda uma das linhas ou tema de interesse das mesmas organizado pelo próprio Núcleo de Pesquisa ou por professores organizadores convidados. Os trabalhos enviados em fluxo contínuo compõem a seção Artigos assim como as resenhas e os relatos de experiência possuem seus campos específicos. 

Linha de Pesquisa 01 (LP1): Estado, Cultura e Políticas Educacionais

Têm-se como eixo de interesse os estudos voltados para a relação do Estado com a educação escolar e não escolar além dos movimentos sociais e suas mediações com o mundo do trabalho nos processos educativos por intermédio de políticas públicas centradas na educação. Destacam-se as políticas educacionais voltadas para a inclusão social, Educação a Distância, gestão escolar, educação do campo e ambiental além da história, da filosofia e da psicologia as quais aproximam educação, subjetividade e cultura.

Linha de Pesquisa 02 (LP2): Formação docente, Currículo e Avaliação

Investiga-se a formação, a identidade profissional do docente, as práticas educativas escolares e pedagógicas nas diversas modalidades de ensino (infantil, fundamental, médio, superior). Contempla o estudo dos saberes profissionais, concepções epistemológicas das políticas de formação inicial e continuada de professores com o trabalho educativo além das dimensões do processo didático centrado na avaliação e no currículo escolar. Busca-se também pesquisa quanto à atuação do coordenador pedagógico, orientação educacional e vocacional, teoria geral de planejamento escolar, bem como no desenvolvimento curricular e nos elementos objetivos e subjetivos para o processo de formação do educador.   

Linha de Pesquisa 03 (LP3): Escola, Aprendizagem e Fundamentos dos processos pedagógicos

Instigam-se pesquisas com foco na escola, nos processos de escolarização nos mais diferentes contextos, buscando a criatividade e a inovação no processo de ensino com ações pedagógicas e teorias da aprendizagem que auxiliam no desenvolvimento psicossocial, lúdico e motor da criança. Processos educacionais voltados para a infância, à alfabetização e o letramento na educação infantil, no ensino fundamental e médio como também na educação de jovens e adultos, bem como abranger estudo teórico-metodológico que se concentra no ensino de libras, ciências, matemática, língua portuguesa, história, geografia e na mediação das tecnologias de informação e comunicação como práticas pedagógicas.

 Processo de Avaliação pelos Pares

As contribuições submetidas devem ser originais e inéditas em língua portuguesa e não podem estar em processo de avaliação por outra revista. A avaliação dos textos recebidos pela REDE - Revista Diálogos em Educação é realizada por método duplo-cego, ou seja, sem identificação de autoria. Para isso, solicitamos que os arquivos enviados não mantenham nenhuma forma de identificação do autor. Os textos submetidos que não atenderem às exigências mínimas previstas nas normas para cada seção específica serão indeferidos pelo editor-chefe antes de serem enviados para a Comissão Editorial e por membros do Conselho Editorial ou consultoras e consultores ad hoc de titulação igual ou superior ao do autor(a). Cada texto receberá o parecer anônimo de, no mínimo, duas pessoas convidadas por área ou linha de pesquisa da revista científica. Caso haja discrepância entre as análises, um terceiro parecer será solicitado. A autora ou autor receberá todos os pareceres.

Os textos teórico-críticos (artigos, resenhas e relatos de experiência) serão aceitos pelos pareceristas desde que o trabalho contribua, cientificamente, com a área submetida em Educação e áreas afins, possua originalidade de conteúdo, domínio na discussão a partir de uma fundamentação teórica sustentável; clareza dos objetivos com uma linguagem coerente e pertinência da argumentação; estrutura e organização do texto conforme as  normas da ABNT; a relação entre o resumo, às palavras-chave e o artigo devem estar condizentes e, por fim, apresentar consistência e atualizada a bibliografia utilizada. 

No processo de avaliação dos trabalhos, o parecerista poderá responder a partir de três itens, sendo “sim”, “parcialmente” ou “não”. Em seguida, deverá incluir suas indicações, comentários e/ou condições para aprovação, propondo que o texto seja “aprovado”, “aprovado condicionalmente” ou “reprovado para esta edição”. Na condição de aprovado, parcialmente, o(a) autor(a) terá um prazo de 10 (dez) dias para realizar as alterações requisitadas e, se reprovado poderá ser reformulado e enviado, novamente, para as próximas edições. O resultado será comunicado por e-mail do proponente com notificação de aceitação ou recusa do texto ou solicitação para realizar modificações. As mudanças estarão sujeitas a nova apreciação e submissão do artigo. A revisão ortográfica e gramatical deve seguir a nova ortografia da língua portuguesa e será de inteira responsabilidade do autor(a) e, caso persista nos desvios da língua será considerado reprovado o artigo. Após a revisão e diagramação, os artigos serão publicados na edição indicada da revista, e o aviso da publicação será feito por e-mail. O momento da publicação das contribuições recebidas será decidido pelas pessoas responsáveis pela edição do número e pela Comissão Editorial.

Periodicidade

A revista tem periodicidade semestral, sendo publicada em formato eletrônico PDF. O número mínimo de artigo científico publicado é de acordo com as submissões recebidas por volume.

Política de Acesso Livre

 

A REDE - Revista Diálogos em Educação oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar, gratuitamente, o conhecimento científico ao público, proporcionando maior democratização mundial do conhecimento.

Declaração de direito autoral

A REDE - Revista Diálogos em Educação não exerce cobrança pelas contribuições recebidas, garantindo o compartilhamento universal de suas publicações. Os autores mantêm os direitos autorais sobre os textos originais e inéditos que disponibilizarem e concedem à revista o direito de primeira publicação. Logo, os autores autorizam a revista a publicar artigo, caso seja aceito, firmando sua contribuição como original e não submetida à outra editora para publicação. Em caso de aceite e publicação, os artigos receberão a Licença Creative Comons CC-BY.

Política de privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados, exclusivamente, para os serviços prestados por esta publicação não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

NOTÍCIAS

As notícias para as submissões que irão compor os volumes serão divulgados com um semestre de antecedência com os nomes dos organizadores e/ou tema proposta no ícone "Notícias".  

INDEXAÇÕES

 Os indexadores reúnem um conjunto de títulos de periódicos que passaram por um processo de seleção que são impulsionados pela internet, fornecendo informações dos artigos originais ao leitor para facilitar a localização do material de interesse sem que seja necessário procurar minuciosamente todos os periódicos da área em questão. Pretende-se, inicialmente, ser indexada ao SciELO (nacional), o CrossRef Search, a Web of Science (internacional) e o Latindex (Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal) é um sistema de informação dedicado ao registro e difusão de revistas acadêmicas editadas nos países ibero-americanos.